NOTÍCIAS

12 Abril

29 de outubro - Dia Mundial de Combate ao AVC

O AVC (Acidente vascular cerebral) é popularmente conhecido como derrame cerebral, e pode ser subdividido em:


AVC Isquêmico: Ocorre a obstrução dos vasos cerebrais devido uma trombose ou embolia,  podendo levar a morte neural devido falta de oxigenação e nutrientes que são carregados pelo sangue, ou pode ter sequelas leves e passageiras ou graves e incapacitantes.


AVC hemorrágico: Já no AVC hemorrágico ocorre um sangramento devido o rompimento de um vaso sanguíneo. Pode ocorrer para dentro do cérebro ou tronco cerebral (acidente vascular cerebral hemorrágico intraparen-quimatoso) ou para dentro das meninges (hemorragia subaracnóidea). Também pode levar á morte ou deixar sequelas leves e passageiras ou graves e incapacitantes.


ATENÇÃO, os sintomas se iniciam de forma súbita e quanto antes o indivíduo procura ajuda, menores são os danos, fique atento e não perca tempo, procure um serviço hospitalar especializado !


Os primeiros sinais que aparecem são muito repentinos, e são muito variáveis:

  • Fraqueza nos membros, pode se iniciar apenas com formigamento e leve fraqueza;
  • Paralisia facial unilateral, o desvio da boca é o sinal mais comum e perceptível;
  • Alteração ou dificuldades na fala;
  • Dificuldade para articular as palavras e pronunciá-las;
  • Coma, redução do nível de consciência;
  • Confusão mental, aparentar -se perdido no tempo e no espaço;
  • Crise convulsiva;
  • Dificuldade para caminhar;
  • Desequilíbrios.


Como prevenir?

A prevenção passa por duas vertentes. A primeira é evitar atitudes não saudáveis que provocam o AVC e doenças que induzem sua ocorrência. E a segunda é fazer uma avaliação médica anual, corrigindo o que for necessário após a conduta médica.


Fonte: Secretaria da Saúde do Paraná.

'